Japão pede doação de smartphones para fazer medalhas olímpicas

A organização da Olimpíada de Tóquio-2020 pediu a colaboração do público japonês para produzir as medalhas dos próximos Jogos. Os desejados itens de ouro, prata e bronze serão produzidas com metal reciclado de celulares e outros produtos eletrônicos doados por “pessoas que desejam se sentir diretamente envolvidas com o evento”, anunciou o comitê local nesta quarta-feira.

Os organizadores esperam coletar até oito toneladas de metal, sendo 40 quilos de ouro, 2.920 quilos de prata e 2.994 quilos de bronze, de celulares desatualizados e eletrodomésticos pequenos. A iniciativa resultará em duas toneladas de material reciclável, o suficiente para fabricar todas as 5.000 medalhas olímpicas e paralímpicas.

A partir de abril, caixas de coleta serão instaladas em escritórios locais e nas lojas da empresa de telecomunicações NTT DoCoMo Inc, que irá fazer uma parceria com a empresa ambiental Centro de Saneamento Ambiental do Japão no projeto. As medalhas dos Jogos Rio 2016 também foram feitas com material reciclado, como restos de espelhos e chapas de raio-x.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *