Hospital de Cachoeiro recolhe e encaminha 11 toneladas de material para reciclagem

O Hospital Evangélico de Cachoeiro (HECI) recolheu, de janeiro até agora, 11 toneladas de material reciclável. Somente no mês de junho, já foram contabilizados que mais de dois mil quilos de papel, que já foram entregues para reciclagem. O trabalho é realizado mensalmente e a renda é revertida para melhorias do próprio hospital.

O técnico de Segurança do Trabalho, Jocimar Rosa, explica que os números são variáveis a cada mês devido às compras que o hospital faz, descartes feitos, principalmente, pelo setor de arquivo e também doações recebidas. “Em maio não tivemos descarte do arquivo, então o número de papel reciclado foi menor que o de junho”, explica.

Em compensação, o fixador de Raio X entregue em maio foi superior ao de junho. Segundo Jocimar, foram 50 litros para reciclagem, sendo que em junho foram 30. E as caixas adversas, que são vendidas as unidades, em maio foram entregues 1.062 e junho 732. Também são usualmente entregues plásticos, 100 quilos em maio e 321 em junho, e bobonas de cinco litros, sendo 676 em maio e 1.053 em junho.

O setor de reciclagem do Hospital atua somente como ponto de coleta, armazenagem e separação de material que é encaminhado para a destinação final. A cada duas semanas, uma empresa faz o recolhimento do material, que gera um valor que é transformado em melhorias para o próprio hospital. Além dos materiais citados, também atua como ponto de coleta de óleo de cozinha usado, cuja destinação adequada é feita a cada três meses. Em maio foi feita uma coleta de 666 litros de óleo.

Além disso, no hospital existem lixeiras para coleta seletiva do lixo, indicada por cores o material que deve ser depositado. “Toda renda obtida com a venda do material reciclado é revertido para melhorias dentro do próprio hospital, então, é importante a doação”, completa Jocimar.

Fonte: http://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/2017/06/hospital-de-cachoeiro-recolhe-e-encaminha-11-toneladas-de-material-para-reciclagem.html

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *